DIREITOS E DEVERES DO ALUNO

É direito do aluno:

I. ser respeitado por toda a equipe do Colégio e pelos colegas;

II. ser considerado e valorizado em sua individualidade, sem comparação nem preferência;

III. ser respeitado em suas convicções religiosas e políticas, condições social e econômica, nacionalidade, cor, raça e capacidade intelectual;

IV. ser orientado em suas dificuldades;

V. ser ouvido em suas queixas e reclamações;

VI. receber seus trabalhos e tarefas devidamente corrigidos e avaliados;

VII. receber ensino condizente com o ano e nível que está cursando.

Constituem deveres do aluno:

I. comparecer pontualmente às aulas, provas e atividades preparadas e programadas pelo Professor ou pelo Colégio;

II. comparecer diariamente às aulas devidamente uniformizado;

III. cumprir as obrigações que lhe forem atribuídas pela Direção Pedagógica e pelos Professores;

IV. justificar ausências;

V. tratar com civilidade os servidores do Colégio, bem como os colegas;

VI. colaborar na preservação do patrimônio escolar;

VII. respeitar a propriedade alheia;

VIII. atender a convocação da Direção Pedagógica e dos Professores;

IX. indenizar os danos a que der causa, tanto para o Colégio, quanto para os servidores e colegas;

X. ter adequado comportamento social, concorrendo sempre para a melhor ordem e disciplina do Colégio;

XI. colaborar com a Direção do Colégio na conservação do prédio, no mobiliário e de todo material de uso coletivo, bem como na conservação da limpeza;

É vedado ao aluno:

I. entrar no recinto escolar sem estar uniformizado ou sem a identidade escolar. O uso do uniforme é obrigatório e não será permitida sua entrada sem o mesmo. Para maior segurança dos alunos, não será permitida a entrada no Colégio, com outro tipo de calçado, exceto tênis ou sapato. Lembramos que o crocs não faz parte do uniforme;

II. sair do recinto escolar sem autorização da Direção Pedagógica;

III. entrar ou sair das salas de aula sem a permissão do Professor;

IV. entrar após a 2a aula do período, sem qualquer justificativa;

V. permanecer fora da sala de aula durante a troca de Professores;

VI. permanecer em sala de aula durante o intervalo;

VII. namorar dentro do recinto escolar;

VIII. fumar nas dependências do Colégio; a lei federal 9.294/96, artigo 2o, estabelece a norma geral e proíbe o fumo em recinto coletivo, privado ou público;

IX. impedir a entrada de alunos no Colégio, ou induzi-los à falta coletiva;

X. atrapalhar de qualquer forma a atenção dos colegas em sala de aula;

XI. ocupar-se durante as aulas com atividades estranhas a ela;

XII. usar boné, gorro ou qualquer vestimenta de cabeça no recinto escolar;

XIII. brigar ou praticar atos de violência, injúria ou calúnia dentro do Colégio;

XIV. utilizar celular para fazer ou receber ligações durante as aulas; o Decreto 52625/08, proíbe o uso de celulares, walkmans, Ipods, gameboys, ou qualquer outro aparelho eletrônico.

XV. trazer ao recinto do Colégio, objetos estranhos que não condizem com as normas escolares, bem como objetos que não fazem parte do material escolar. O Colégio não se responsabiliza sob quaisquer aspectos, pelos objetos de valor perdidos dentro de suas instalações, inclusive em eventos;

XVI. ingerir alimentos em sala de aula;

XVII. portar armas ou objetos que ponham em risco a segurança de pessoas;

XVIII. organizar sem autorização da Direção Pedagógica bailes, festas, campeonatos, coletas ou outras atividades usando o nome do Colégio, da Mantenedora ou de funcionários;

XIX. promover ou participar de movimentos de hostilidade ou desprestígio ao Colégio, Direção, Professores, funcionários e colegas dentro ou fora do recinto escolar;

XX. ingerir bebidas alcoólicas ou usar produtos tóxicos de qualquer natureza nas dependências ou imediações do Colégio;

XXI. escrever, desenhar, pintar ou grafitar em qualquer parte do edifício, mobiliário e acervos, palavras, desenhos ou qualquer tipo de escritas;

XXII. causar danos ao patrimônio escolar;

XXIII. deixar de ressarcir ao Colégio todos os danos materiais a ela causados;

XXIV. formar aglomerações em frente ao Colégio e via pública que dificultem o trânsito de pessoas e de veículos.

Nos atos de infração praticados por alunos, de acordo com a sua gravidade, serão aplicadas as medidas pertinentes, previstas no Regimento Escolar. A transgressão disciplinar acarreta aos alunos as seguintes medidas sócio educacionais:

I. Falta leve - Admoestação verbal;

II. Falta média - Advertência escrita, encaminhada aos pais;

III. Falta grave - Suspensão de aulas de imediato ou no dia subsequente;

IV. Falta gravíssima – Transferência Compulsória.

São consideradas faltas graves:

- Reincidência das faltas leve ou média;

- Impedir a entrada de alunos no Colégio, ou induzi-los à falta coletiva;

-  Escrever, desenhar, pintar ou grafitar em qualquer parte do edifício, mobiliário e acervos, palavras, desenhos ou qualquer tipo de escritas;

- Causar danos ao patrimônio escolar;

- Formar aglomerações em frente ao Colégio e via pública que dificultem o trânsito de pessoas e de veículos;

- Utilizar celular em sala de aula;

- Brigar ou praticar atos de violência, injúria ou calúnia dentro ou nas imediações do Colégio.

São consideradas faltas gravíssimas:

- Reincidências das faltas graves;

- Trazer ao recinto do Colégio, objetos ou materiais estranhos que não condizem com as normas escolares, bem como objetos que não fazem parte do material escolar;

- Portar armas ou objetos que ponham em risco a segurança de pessoas;

- Promover ou participar de movimentos de hostilidade ou desrespeito ao Colégio, Direção, Professores, funcionários e colegas dentro ou fora do recinto escolar;

- Ingerir bebidas alcoólicas ou usar produtos tóxicos de qualquer natureza dentro do Colégio.